Technische Universität München

The Entrepreneurial University

 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
 | 
Os atletas utilizam o doping sanguíneo, pois quanto melhor for a capacidade de transporte de oxigénio do sangue, melhor é a resistência de um atleta. Particularmente, o doping sanguíneo é considerado benéfico para corredores de longas distâncias, ciclistas e nadadores. Está registado que o doping sanguíneo pode originar
  • um aumento de 7% de hemoglobina,
  • um aumento de 5% de VO2máx,
  • um aumento de 34% no tempo para a exaustão a 95% de VO2máx e
  • uma melhoria de 44 segundos no desempenho de tempo de uma corrida de 8 km.
Os desportos orientados para a resistência estão mais frequentemente ligados com o doping sanguíneo, que envolve transfusão de glóbulos vermelhos de um dador (normalmente homólogo) para aumentar a quantidade de hemoglobina disponível para transportar o oxigénio para os músculos (e desse modo, melhorar o desempenho atlético). Apesar de o doping sanguíneo ser visivelmente eficaz para melhorar o desempenho atlético, exige procedimentos invasivos e o risco de que os materiais de transfusão sejam detectados pelas autoridades antidoping. Além disso, existe um risco de saúde associado à transfusão de sangue. Mesmo sob condições clínicas controladas, pode apresentar um risco significativo de reacção hemolítica associada com má correspondência de sangue ou sepsia, devido a contaminação bacteriana do sangue da transfusão. 

Foi já introduzido um teste, que não é absolutamente fiável, para a detecção de doping sanguíneo. Estão a ser desenvolvidos transportadores artificiais de oxigénio ou substitutos de sangue para servirem como substituto temporário para os glóbulos vermelhos de uma transfusão. Estes agentes ou baseiam-se na hemoglobina modificada ou em perfluorocarbonetos. Os transportadores artificiais de oxigénio derivam do grande esforço do desenvolvimento de produtos para direccionar a escassez mundial de dadores de sangue. Foram desenvolvidos como substitutos, para substituir as funções de transporte de oxigénio dos eritrócitos, normalmente durante situações de cirurgia e de trauma.  

Os perfluorocarbonetos são compostos quimicamente sintetizados com estruturas de átomos de flúor. Conseguem dissolver grandes quantidades de gases, como oxigénio, mesmo 100 vezes mais oxigénio por volume que o plasma. O objectivo terapêutico na medicina é fornecer um abastecimento de oxigénio temporário para o cérebro e outros tecidos em doentes com perdas massivas de sangue e cujas funções vitais estão em perigo.   

Gravidez
Em termos de doping, o efeito pretendido é o aumento da capacidade cardíaca durante os primeiros meses de gravidez. Subsequentemente, existe um aumento no volume de sangue, no número de glóbulos vermelhos e na hemoglobina. Assim, a melhoria resultante na distribuição de oxigénio para os músculos leva a um aumento de 10% da capacidade física. Os riscos provêm da vulnerabilidade do feto, a partir do terceiro mês de gravidez. Um aborto planeado depois do evento desportivo principal, representa um perigo significativo para a mulher, caso seja executado num ambiente não médico por pessoal não qualificado. Também pode haver um impacto psicológico significativo.

Enhancement oxygen 1 en

Enhancement oxygen 2 en

drucken